6.12.11

Sinterklaas foi tarde!


 Ontem aqui na Holanda foi o dia de Sinterklaas, não vou entrar em detalhes sobre a história da lenda-mito-unanimidade senhor Papai Noel com chapéu de Bispo. Vocês podem googlar,  ler aqui, ou ler também o post da Luana sobre Sinterklaas na Bélgica.

Desde a primeira vez que eu ouvi a história eu achei tudo muito bizarro, puderá né, com 25 anos na "carcunda" alguém vem me contar que o velhinho mora na Espanha (onde ninguém sabe dele), mas tem origem Turca, chega de barco, com o cavalo branco e tudo (aliás o cavalo se chama Amerigo e é super famoso). Sinterklaas poderia simplesmente dizer: Eu moro onde vocês passam férias ho-ho-ho, ou dizem  más linguas que Sinter mora na Espanha porque eles tem um sistema de saúde melhor para idosos :)

Sinterklaas chega na Holanda lá pelo meio de novembro, então os catarrentinhos holandeses colocam os sapatos próximo à lareira e toda semana ganham um presentinho.  Quem não se comporta, é enfiado dentro do "saco" de Sinter e levado pra Espanha, estatisticas comprovam que todo ano 400 crianças desaparecem. Eles também podem deixar uma cenoura pro cavalo que ele ficará super agradecido, afinal carregar Sinterklaas não deve ser moleza.


No meu primeiro ano por aqui, eu fiquei curiosa e fui ver a parada de Sinterklaas chegando na minha cidade. Desde outubro até meados de dezembro o país só fala nisso, são lojas decoradas, supermercados cheios de chocolates, lojas de brinquedos infestadas de pais alucinados, comerciais na TV... aff todo esse bombardeio me cansa. Esse ano eu ouvi os fogos e passei longe de qualquer evento relacionado a Sinterklaas, afinal eu não quero me acotovelar com os pais e seus pimpolhos ávidos por pepernoten. Esse ano aliás, um hacker invadiu o site do "Sinterklaas news", um programa de tv que TO-DA criança assiste e roubou informações de mais de 13.000 crianças que enviaram desenhos pra Sinter. Que dó!

Existe todo um vocabulário desse evento fenomenal que TODOS apredem:

Sinterklaas - O cara
Amerigo ou Schimmel - o cavalo de Sinter
Zwarte Pieten - os escravinhos os ajudantes de Sinter (mais politicamente correto)
Pepernoten - biscoitinhos sem graça
Kruidnoten - outro biscotinho sem graça
Pakjesavond - aqui na Holanda dia 5th de dezembro, o dia de Sinterklaas

 Zwarte Piet


pepernoten

Sinterklaas deveria ser somente como o dia das crianças para nós no Brasil, mas eu admiro como os Holandeses entram totalmente no clima. Os adultos escrevem uns poemas sem pé e sem cabeça e distribuem entre a família e os amigos. Eu ganhei um especialmente feito pra mim da namorada do colega holandês no trabalho, lógico que mesmo depois de marido ter traduzido eu continuei não entendendo. Existe também as *letras de chocolate.  Lojas/mercados/hospitais/postos de gasolina/banheiros públicos estão infestados com essas tais letras. Eu tive que enviar uma a todos os funcionários e também ganhei uma com a inicial do meu nome. Não bastasse isso, ontem uma colega trouxe um bolo decorado com marzipan em formato de Zwarte Piet, além de espalharem pepernoten pelas mesas.

Ontem no horário de almoço no trabalho, estavamos conversando sobre filhos de expats durante o período de Sinterklaas (afinal a empresa em que eu trabalho tem minoria holandesa). Muitos pais ignoram completamente e decidem que presente só no Natal, mas na escola todos estão ganhando presentes e a criança volta rebelde pra casa se perguntando o porque dos pais nunca terem contado que esse cara existia. Um drama só. Outras crianças maiores espalham na escola que Sinter não existe e Sinterklaas é uma coisa ridícula (o colega inglês contou sobre as filhas de 9 e 12 anos fazem isso). Enfim, não tenho filhos e só fiquei ouvindo.

A verdade é que não se pode falar mal de Sinterklaas, os holandeses-adultos ficam super ofendidos, o que eu acho ridiculo, afinal eles não são crianças, certo? Outro dia eu comentei no horário do almoço que estava difícil achar bugingangas de Natal para decorar a casa e que normalmente eu gosto de fazer isso no final de novembro (como minha mãe faz) e meu chefe olhou feio e disse: mas você não pode decorar a casa pro Natal antes de Sinterklaas! Aliás nem deveriam vender nada de Natal antes de 5th de dezembro. Ah me poupem né, o que eu posso ou não fazer na minha casa é meu problema, eu não celebro Sinterklaas, nem meu marido se importa com isso, não tem criança lá em casa e eu quero decorar pro Natal, fechei a cara. Mas já tinham me contado antes que holandês não aceita criticas nem piadas sobre esse assunto e eu também não vou ficar sambando na cara das tradições né?

letra de chocolate

Ontem durante a aula de holandês adivinha quem apareceu? Há! com 2 zwarte pieten e jogando pepernoten nas nossas cabeças. Conversando com marido sobre a relação que nós temos com Natal - Papai Noel (que na verdade é non-related né) e o Sinterklaas eu tenho que admitir que Sinter faz mais sentido, se assim podemos dizer e por aqui eles não são muito religiosos então Natal tem muito menos importância do que o velhinho e seus ajudantes. No fim, estou feliz que 5th de dezembro acabou e quero mais é que venha Natal. Esse ano vai ter ceia brasileira lá em casa. Fa-ro-fa-fa nos holandeses.


Sinterklaas entrando na aula de holandês

*O costume de letras comestíveis remonta à época germânica, quando, no momento do nascimento, as crianças receberam uma letra feita de pão, como um símbolo de boa sorte. Escolas-convento da Idade Média usavam letras de pão para ensinar o alfabeto. Quando a letra era aprendida e podia ser escrito, o aluno poderia come-la, bem motivante.

* curiosamente eu achei que tinha ganho um S de Simone, mas era o um S de Sinterklaas e todo mundo ganhou S também :(

4 comentários:

É mano, SinterKlaas é o cara, não pode falar dele não hahahaha Agora este lance de criança malcriada ser levada pra Espanha, ohhh eu ía era gostar, viu! hahaha Eu curto a reunião com a família, é divertido mas fico maior frustrada que eu não aprendo as musiquinhas...arrrghhhh eu gosto mais que marido, que quando vai chegando a data fica de descabelando porque sabe que vai ter poesia...e a gente ri muito, porque sai muita tiração de sarro...é acho que eu nunca achei que eu fosse um dia esperar pelo 5 de dezembro hahaha Bjs
Que bizarro!!!! Aqui na Suécia eles têm seu próprio "papai noel", que é o Jultomte, um duende narigudo e descabelado, muito do feio, que se veste de verde e mora na floresta. Mas sei lá porque, agora o Jultomte enfrenta uma concorrência fortíssima do Papai Noel - que dizem mora aqui no norte, entre Suécia e Finlândia, na Lapônia...

Mudando de assunto, olha esse stop-motion que massa! Dá pra ver no fim que foi um trabalho arretado pra fazer o vídeo :) http://www.youtube.com/watch?v=23Z4C3hYAJc
Meus pequenos canadenses estudam numa escola internacional (100% english) aqui em Hamburgo. Mas em questão de tradições, a escola ensina as alemãs.

Os bacuris vieram ontem com um sapatinho confeccionado por eles, de papel, com chocolatinhos. E dizendo "Olha, o Santa Klaus trouxe pra nós!!"

E eu disse: Não foi Santa, queridos. Foi o Sankt Nikolaus (aqui é Nikolaus)!

Eles: Como você sabe?! Não foi Santa? Então quem é Sankt Nikolaus, Bruna?

FODEU. Não sei.
Olha o povo descendo a lenha no Zwarte Piets hahahaha

http://www.iamexpat.nl/read-and-discuss/expat-page/articles/the-people-vs-sinterklaas

Postar um comentário